Publicidade

Últimas Notícias

Temporal deste domingo deixa cidade embaixo d’água e desafia Nazif a cumprir promessa de campanha: acabar com a alagação

Fonte: Rondonoticias.com.br

Porto Velho, Rondônia – O temporal que desabou na capital, neste domingo, 03/11, deixou a cidade embaixo d’água e a população desafiada a cobrar do prefeito Mauro Nazif sua principal promessa de campanha: Resolver o problema da alagação da cidade há meia noite e um minuto do dia primeiro de janeiro de 2.013, como fez no palanque.
Demagogia à parte, apenas uma tarde quase inteira chovendo, com trovoadas e relâmpagos, foi o suficiente para castigar Porto Velho e por a nu a frustração dos que acreditaram na principal promessa de campanha do novo prefeito.
Moral da História: Quase onze meses se passaram e o até o momento prefeitura não lançou, sequer, um plano de ação de emergência para amenizar o sufoco dos contribuintes.
Hoje, a realidade da administração peesebista, é o descaso, o nojo, a incompetência e o silêncio, como forma de dizer que o governante “não está nem aí para população”, como se o administrador da capital não devesse qualquer satisfação a quem o elegeu.
O Poder Executivo Municipal, ao que se sabe, não pode mais silenciar e ficar por isso mesmo ante aos problemas que se avolumam nesses onze meses de administração, disse José Carlos Dias, morador da Rua Pirapitinga, zona leste da cidade.

Tem de dar uma resposta iminente aos reclamos sociais e não ficar de braços cruzados diante de tamanho descalabro em que qualquer rua da capital se encontra, reclamou Marco Antônio, que mora na Rua Guaporé com Raimundo Cantuária.
Para seu José Maria, morador há mais de vinte anos da Rua Daniela, zona leste de Porto Velho, Mauro deve vir a público e dizer o que fez com os recursos da arrecadação municipal nesses onze meses, já que a população de Porto Velho, não viu nada.
E do lado da prefeitura, apenas a declaração evasiva de que não dispõe de máquinas e nem muito menos pode contratar empresas para fazer o serviço, em vista da burocracia reinante.
Por outro lado, quando é cobrado pela mídia, sobre sua inércia, responde de forma grosseira e enfurecida. “Estamos planejando, é o que posso dizer”.

VEJA MAIS IMAGENS DO DESCASO, DE APENAS UMA REGIÃO DA CIDADE: ZONA LESTE.


 

2 comentários:

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.