Publicidade

Últimas Notícias

EM NOTA, PT APOIA, COMO SEMPRE, OS SENADORES NA LISTA JANOT

Lindbergh Farias é um dos envolvidos que ganhou solidariedade dos companheiros do PT

A bancada do Partido dos Trabalhadores no Senado Federal divulgou, nesta terça-feira (10), nota oficial em manifestação de solidariedade aos parlamentares Gleisi Hoffmann (PR), Humberto Costa (PE) e Lindbergh Farias (RJ). Eles foram incluídos na lista de investigados da Operação Lava Jato.
“Ao contrário de outros arrolados na chamada “lista de Janot”, Gleisi, Humberto e Lindbergh foram incluídos por terem recebido doações legais de campanha – auditadas e aprovadas – , em 2010, de empresas hoje investigadas como integrantes do esquema de desvio de recursos da Petrobras”, diz a nota.
No documento, os senadores petistas cobram celeridade no processo judicial, a modo de evitar o prolongamento do “linchamento público”.
Leia a nota na íntegra:
NOTA DA BANCADA DO PT NO SENADO
Os senadores da bancada do Partido dos Trabalhadores vêm a público manifestar sua inteira solidariedade à senadora Gleisi Hoffmann e aos senadores Humberto Costa e Lindbergh Farias por terem seus nomes incluídos na chamada “Lista Janot”, enviada ao Supremo Tribunal Federal na última sexta-feira (06/03).
Os parlamentares que assinam essa nota também enfatizam que compartilham o mesmo estranhamento e a mesma indignação por eles sentida, ao deparar com seus nomes em uma relação obtida sob o regime de delação premiada, na qual são mencionados sempre de forma indireta, muito diferente de outros nomes incluídos na chamada lista que tiveram participação direta nos atos agora colocados sob suspeição.
A bancada também constata com tristeza que nomes de pessoas públicas honradas venham a ser pré-julgadas e condenadas pela chamada opinião divulgada, sem qualquer culpa formalizada, e pede mais responsabilidade e equidade dos meios de comunicação na divulgação dos futuros passos dos processos em trâmite no Supremo Tribunal Federal (STF).
A bancada do PT no Senado também manifesta que respeita as decisões no âmbito da Justiça anunciadas, e reforça a convicção de que todos têm o direito de ser ouvidos, por meio de instrumentos que garantam amplo direito de defesa, sem a introdução de teses ou conceitos jurídicos não utilizados comumente nos tribunais brasileiros.
Por fim, os senadores do PT também apelam aos agentes responsáveis pela condução dos processos para que o veredicto das ações contra nossos três companheiros seja anunciado no mais breve tempo possível – evitando-se, dessa forma, o linchamento público a que vários deles já estão sendo submetidos.
Brasília, 10 de março de 2015
Senado Federal
Assinam a nota os senadores:
Ângela Portela – RR
Delcídio do Amaral – MS
Donizeti Nogueira – TO
Fátima Bezerra – RN
Gleisi Hoffmann – PR
Humberto Costa – PE (Líder)
Jorge Viana – AC
José Pimentel – CE
Lindbergh Farias – RJ
Marta Suplicy – SP
Paulo Paim – RS
Paulo Rocha – PA
Regina Sousa – PI
Walter Pinheiro-BA”
Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações do PT no Senado

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.