Publicidade

Últimas Notícias

HOJE É DIA DE "PEGA-PEGA" NA GLOBO E NO TSE COM O JULGAMENTO DA CHAPA DILMA/TEMER

É hoje, bem no horário de estreia da nova novela das 19 horas
Em Brasília, 19 horas... É na hora da famosa “Voz do Brasil” que vai começar o julgamento da chapa reeleitoral de 2014 no Tribunal Superior Eleitoral. A noite deve ser consumida com a leitura do longo relatório do ministro Herman Benjamin – que tende a pedir a cassação da chapa Dilma-Temer. Na melhor hipótese, o caso deveria termina na quinta ou sexta-feira, após quatro sessões. Porém é gigantesca a chance de um ou dois dos 7 membros do TSE pedir vistas do processo, protelando a decisão e alongando a crise, O governo torce e espera pela salvação. Tudo é imprevisível no Brasil de tantas incertezas.


No TSE, defensores do PMDB e do PT tentam desqualificar o julgamento, e tentar um arquivamento mandrakeano do processo. Os primeiros querem salvar Temer. Os segundos desejam evitar que Dilma, punida, fique inelegível. Por isso, advogados partem para teses criativas. A dos petistas alega que Dilma não pode mais ser cassada, pois já sofreu impeachment. Já a defesa temerária não aceita que sejam acrescentadas novas acusações a uma denúncia feita pelo PSDB em 2014.


Quem ouviu ontem a Voz do Brasil constatou que a voz do Michel Temer nunca foi tão ouvida no tradicional noticiário chapa-branca. A intenção dos ideólogos do Palácio do Planalto foi passar a noção de tranqüilidade e normalidade de um governo e de um Presidente sob ameaça de queda. Nada mais falso que tal impressão. Temer tinha prognóstico de salvação no TSE, antes da revelação da conversa com o Joesley “falastrão”.


Agora, tudo pode acontecer. Se for salvo pelo TSE, Temer ainda fica complicado e desmoralizado pela versão suprema Lava Jato. Seja como Presidente ou como suspeito, Temer terá de responder a 84 perguntas da Polícia Federal sobre as tretas com Joesley Batista e Rodrigo Rocha Loures – o Homem da Mala de R$ 500 mil. Advogados pedem para Temer “nada declarar”... O problema é que o silêncio não garante inocência – muito pelo contrário...


Por tudo isso e algo mais é que está certíssimo o slogan da nova novela das sete da Rede Globo – “Pega-Pega” que estréia hoje, bem na hora do começo do julgamento no TSE: “Depois do roubo é que começa a roubada”. Nada mais aplicável à situação do governo Temer... Que o diga o ex-ministro Henrique Eduardo Alves, preso nesta terça, cedinho, na operação “manus”, outra etapa da Lava Jato, que apura corrupção na construção da Arena das Dunas – estádio superfaturado no Rio Grande do Norte. É mais um gol contra o time temerário...

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.