Publicidade

Últimas Notícias

BOLSONARO MELHORA E ADVERSÁRIOS VÃO PARA A UTI

Bolsonaro sai da UTI
Em vez de promover a discussão de temas relevantes para solucionar problemas brasileiros, a sucessão presidencial 2018 se concentra no questionável sobe e desce de “pesquisas” de intenção de voto que ouvem fatias ínfimas do eleitorado e têm a pretensão de “medir a verdade”. O mais deplorável é que os candidatos e suas assessorias perdem tempo dando credibilidade para essas “enquetes” que, nas últimas eleições, erraram, vergonhosamente, os resultados finais. As pesquisas enganam tanto quanto marido mulherengo (ou esposa infiel)...

Novidade na eleição? Só se for no Hospital de campanha. Jair Bolsonaro melhorou. Saiu da Unidade de Terapia Intensiva para uma Unidade de cuidado Semi-intensivo no Hospital Israelita Albert Einstein. A sonda nasogástrica foi retirada. A candidatura fake de Lula, também. Bolsonaro não sente náusea, nem vômito. Não tem sinais de infecção ou febre. Faz tratamento para evitar e prevenir uma trombose venosa. Bolsonaro se recupera da facada de 6 de setembro. Já Lula deve estar, na cadeia, com vontade de praticar seppuku.

A Petelândia é quem entra na UTI eleitoreira. O partido foi obrigado a acabar com a farsa da candidatura Lula. O ministro Celso de Mello deu uma facada no plano de embromação judicial petista. O PT parou de raciocinar com o intestino e resolveu que o candidato oficial agora é Fernando Haddad. Lula é apenas Presodentro. Neste papel, comandará o destino de Haddad. Ou seja, o “poste” será um refém de Lula. Só a Velhinha de Taubaté acredita que Haddad está empoderado e com voz de comando na campanha. 

Outro sério candidato à UTI é Geraldo Alckmin. A prisão do aliado paranaense Beto Richa, por corrupção, foi uma facada com grande risco de morte para a vã esperança tucana de pousar no Palácio do Planalto a partir de 2019. A oficialização da candidatura de Haddad também rouba votos de Alckmin que não decola em nenhuma pesquisa. Geraldo ainda precisa torcer para a Lava Jato e afins não lhe causar problemas judiciais faltando 26 dias para a dedada eletrônica de 7 de outubro...

Ninguém vai morrer de tédio nesta eleição sob permanente risco de fraude, já que não existe recontagem do voto eletrônico pela impressão negada pela “Justiça” eleitoral.

O triste é que o País segue parado, esperando pelo resultado da eleição... Azar nosso...

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.