Publicidade

Últimas Notícias

URGENTE - OUTRAS COMUNIDADES VÃO SE JUNTAR AO KURUQUETÊ NO FECHAMENTO DA BR 364

Mais de 300 famílias devem se juntar aos manifestantes de Kuruquetê no fechamento da BR 364 em Vista Alegre do Abunã.
Imagem do último fechamento da BR 364
Comunidades que ficam no entorno de Nova Califórnia e Vista Alegre do Abunã, e que também sentem na pele o mesmo problema da falta de energia elétrica em suas comunidades, vão se juntar as mais de 100 famílias da Vila de Kuruquetê que devem voltar a fechar a BR 364 as 06:00 horas da manhã da próxima segunda feira (19/11). 

O protesto, que já aconteceu em outras duas oportunidade, março de 2017 e abril 2018, dessa vez, segundo as lideranças locais, não deve ser encerrado enquanto a Eletrobras não cumprir o que foi acordado nas outras duas oportunidades. 

Na última reunião, acontecida no dia 26 de abril deste ano, representantes da Eletrobras AM/RO, assumiram compromisso que "no máximo, entre agosto e setembro, os trabalhos objetivando a eletrificação da Vila Kuruquetê, seriam iniciados," e esses acordos não foram cumpridos até hoje. Na oportunidade, o representante da Eletrobras/AM Sr. Robson de Bastos, afirmou que os recursos que cobririam essas despesas já tinham sido autorizados e estavam garantidos através de financiamento. 

A Comunidade de Kuruquetê espera contar com a compreensão de toda a população pelos grandes transtornos que esse fechamento deve causar, mas que a reivindicação é justa, e se não for dessa maneira, os responsáveis por executarem os trabalhos de melhorias, não só na parte de eletrificação, vão sempre empurrar com a bariga e a comunidade vai continuar sofrendo com o descaso.

Portanto, caso você tenha compromisso no vizinho estado do Acre, ou você esteja no Acre e precisa retornar a Rondônia, faça isso no domingo, ou espere todo esse protesto acabar e evite entrar em embate com manifestantes. 

Certamente a PRF estará no local para manter a ordem e negociar com os manifestantes, e não se sabe quando vamos ter um desfecho do caso.  

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.