Publicidade

Últimas Notícias

CAOS NA EDUCAÇÃO - COMUNIDADE DO BAIXO MADEIRA FECHAM ESCOLA EM PROTESTO PELA FALTA DE TRANSPORTE FLUVIAL

Comunidades do Baixo Madeira que dependem do transporte fluvial, se uniram e fecharam escola DEIGMAR MORAES, em Cujubim Grande.
PROTESTO EM CUJUBIM GRANDE
O Protesto das comunidades do Baixo Madeira em prol dos alunos que estudam na E.ME.F DEIGMAIR MORAES começou logo cedo, antes mesmo dos funcionários chegarem para abrir a escola. 

Aproximadamente 150 pessoas se reuniram em frente a escola e decidiram que não iam deixar mais a escola atender "apenas 30% dos alunos" enquanto os outros 70% que dependem do transporte fluvial estão sem aula regular desde setembro de 2017. 

Os pais de alunos querem uma solução para o problema o mais rápido possível, e eles agora estão se unindo para saírem da comunidade para vir até a cidade cobrar das "autoridades competentes", pois, segundo uma servidora da escola, é desumano o que estão fazendo com todos que dependem do transporte escolar. 

Um outro pai de aluno falou sobre a "irresponsabilidade da SEMED" para com seus filhos, e que ele sabe que se solucionarem o problema com o transporte fluvial, logo logo eles vão ter problema no terrestre já que o pessoal da fiscalização do Detran esteve no local e notificou os condutores do veículos para a legalização dos mesmos e deu um determinado prazo, que já está se acabando e eles sabem que a empresa não vai legalizar porque, segundo ele: "São enrolados e não querem fazer a coisa correta, só querem ganhar dinheiro!" 
PROFESSORA DA ESCOLA DEIGMAR DESABAFA...
A escola vai permanecer fechada até que a prefeitura de Porto Velho resolva definitivamente o problema dos dois transportes, escolar e fluvial. 










Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.