Publicidade

Últimas Notícias

VERGONHOSO! COM QUASE 2000 COMISSIONADOS, PRESIDENTE DA ALE TRANSFORMA POSSE DE 14 CONCURSADOS EM "MOMENTO HISTÓRICO"

“Estamos diante de um acontecimento histórico e estou muito feliz em estar aqui hoje como presidente desta Casa, mas não podemos deixar de lembrar que esse processo começou com o ex-presidente Maurão de Carvalho e hoje estamos apenas concluindo um trabalho realizado em equipe”, disse Laerte Gomes.
Festa para momento "histórico"
Em um universo de 6.085 aprovados no concurso, realmente foi um momento histórico para os 14 novos servidores efetivos do poder legislativo do estado de Rondônia...a contar pelo valor arrecadado somente com o pagamento das taxas pagas por todos os 36.182 candidatos inscritos e que fizeram as provas, mais de 2 milhões de reais, o presidente LAERTE GOMES tem motivos de sobras para comemorar "esse grande feito."

O certame foi realizado com 110 vagas para os cargos de assistente legislativo, analista legislativo, consultor legislativo e advogado da Assembleia. “Desses 110 aprovados, 107 estão aptos para tomarem posse e hoje vamos dar posse para 14 novos servidores. Nosso planejamento é chamar todos os candidatos aptos para suprir as demandas da casa e dos servidores aposentados”, esclareceu o presidente da Assembleia.

Para os 14 novos servidores empossados nesta quarta feira 12/06, foi como acertar na mega-sena, já que este é o primeiro "grande concurso feito pela ALE após a constituição de 1988, como bem frisou o presidente LAERTE GOMES. 

Hoje, 1990 comissionados batem ponto na ALE, e todos os dias esse numero aumenta com mais e mais comissionados que são nomeados "para suprir as demandas da casa." Sem contar que Lei Complementar nº 1.020, de 9 de maio de 2019, reduziu o quadro de cargos efetivos (analistas, assistentes e consultores) de 415, previstos na Lei Complementar nº 731, de 30 de setembro de 2013, para 161 cargos. É mole?

O momento de tamanha euforia tomou conta de todos os "envolvidos no certame" a ponto de um membro da comissão do concurso, alem de enaltecer, lógico, os seus chefes, comemorar como se essas 14 nomeações fossem suprir todas as demandas da ALE: “Ao longo desse certame, houve quem dissesse que seria um concurso de cartas marcadas, pondo em xeque a credibilidade e o profissionalismo desta Casa. Contudo, mostramos que é possível sim, atender aos anseios da população, que nada mais espera dos seus representantes do que o cumprimento de sua missão constitucional de legislar e fiscalizar os atos do Poder Executivo em prol do bem comum, com a responsabilidade que a lei exige. É evidente que ainda há muito a ser feito. Porém, hoje, podemos dizer que o Poder Legislativo se fortalece ainda mais, e avança na busca pela gestão responsável, transparência, eficiência e efetividade de suas ações”, explicou.

Os deputados Marcelo Cruz (PTB), Adelino Follador (DEM), Aélcio da TV (PP), Cássia Muleta (Podemos), Eyder Brasil (PSL), Ezequiel Neiva (PTB), Luizinho Goebel (PV), Cirone Deiró (Podemos), Geraldo da Rondônia (PSC), o Defensor Público-Geral do Estado, Marcus Edson de Lima, o secretário Geral da ALE/RO, Arildo Lopes e o secretário Legislativo, Dr. Helder Risler de Oliveira também estiveram presentes na cerimônia.




2 comentários:

  1. Perfeito. É exatamente o que está acontecendo. Um grande curral eleitoral que ele está mantendo. Espero que o TCE e o poder legislativa enxergue isso.

    ResponderExcluir
  2. Ele articula tudo para arrancar dinheiro dos comissionados pois dos efetivos nada pode receber como padrinho.
    Vergonha desse larte gomes minúsculo pra enfatizar o quão pequeno ele é.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.