Publicidade

Últimas Notícias

EXCLUSIVO - TRANSPORTE ESCOLAR SEGUE PARADO 100% E SEM PRAZO DE RETORNO

Informações preliminares dão conta que a empresa Freitas vai continuar gerenciando o serviço, mas sem poder de decisão em absolutamente nada, principalmente em questões financeiras. 


Transcrição de áudio de um motorista da Ponta do Abunã:

"Caldeira, está tudo parado, tudo, tudo...em lugar nenhum está rodando...dizem que estão esperando a SEDUC comprar óleo diesel, ou liberar uma verba pra empresa comprar...nós estivemos em Porto Velho ontem, e dizem que quem vai comandar tudo é a empresa Freitas...os mesmos ônibus, os mesmos motoristas, tudo a mesma coisa...mas tudo que for comprar tem que passar primeiro pela SEDUC! É a SEDUC que vai comprar! Ficou pior do que estava pra falar a verdade! Se tiver que comprar um parafuso tem que passar pra SEDUC, pra SEDUC comprar e liberar pra empresa, TÁ UMA ZONA AQUELE TREM LÁ!
Acredito que essa semana não roda nada!"

Nos últimos dias o interventor Suamy Vivecananda Lacerda já fez duas reuniões com funcionários da empresa FREITAS e prometeu regularizar tudo o mais rápido possível, mas para isso ele tem que ter um suporte financeiro para sanar todos os compromissos atrasados com funcionários e fornecedores e nesse ponto a noticia não é nada boa...

A empresa só tinha um crédito de 113 mil reais para a compra de combustível e que já foram depositados em conta judicial, e a ficam várias perguntas sem respostas:

- Como regularizar toda a documentação de uma frota que nem da empresa é?
- Toda a frota está completamente sucateada, de onde vem a verba para a manutenção dessa frota?
- Como pagar salários atrasados e encargos trabalhistas se a empresa não tem credito para receber?
- Até quando os alunos ainda vão esperar para a regularização das aulas em suas escolas?

Vamos esperar as os próximos capítulos 





Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.