Publicidade

Últimas Notícias

GASOLINA MAIS BARATO - SE O GOVERNO DE RO QUISER, A GASOLINA PODE BAIXAR PARA R$3,29

A proposta feita pelo presidente JAIR BOLSONARO de baixar impostos federais se os governos zerarem o ICMS do combustivel, caiu como uma bomba Brasil afora...menos em Rondônia!

Interlocutores do Governador Marcos Rocha garantem que ele topou o desafio "mas com responsabilidade", e ele até se pronunciou em suas redes sociais sobre o assunto, mas enquanto a equipe de governo estuda uma formula de zerar ou baixar o ICMS, este blogueiro/jornalista resolveu dar uma ajudinha.


Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, os 30% de ICMS não é cobrado sobre o valor da gasolina que sai da refinária. Ela sai da refinária custando R$2,0299 ou R$2,03 já arredondando esse valor.

PREÇO DE PAUTA - Os postos pagam o ICMS não é sobre o preço do combustivel, e sim, sobre o preço que o governo de RO ACHA que será vendido, e esse preço de referência que o governo usa é de R$4,69 (quatro reais e sessenta e nove centavos). Portanto, você paga os 30% em cima dos R$4,69 que é igual a R$1,40 (hum real e quarenta centavos).

O preço dos combustíveis envolve uma série de fatores, incluindo impostos federais e estadual só que na prática você esta pagando 70% sobre o combustível que sai da refinária, e em cima disso ainda tem a cobrança do PIS, COFINSM, CIDE e mais a margem da transportadora que faz a entrega.

Praticamente 75% do preço do combustível que sai da refinária é responsabilidade do governo do estado. 

RESUMINDO...Se o governo do estado abrir mão de R$1,40 que é  margem do PREÇO DE PAUTA, o preço do combustível na bomba (falando exclusivamente da gasolina) passaria dos atuais R$4,69 para R$3,29 (três reais e vinte e nove centavos)

GOV.CEL MARCOS ROCHA EM SUAS REDES SOCIAIS

Rondônia seguirá o Governo Federal, pois o mesmo é aliado constante do nosso Estado e está trabalhando diariamente para fortalecer todos os estados, municípios. O que for decidido de forma técnica, considerando a atual situação financeira do estado, será seguida.

— A verdade é: os governos, historicamente, aumentam seus próprios custos, não melhoram serviços e jogam a dívida em impostos para a população. Não é justo.

— Fiz campanha para o Presidente Bolsonaro, confio que ele e sua equipe trabalham para o bem do Brasil.

— Mesmo Rondônia tendo um dos menores ICMS da federação a quantidade dos impostos está longe de justa. Estão sendo feitos estudos com responsabilidade, considerando como pegamos o Estado. Vamos apoiar a estratégia que a União desejar seguir e que favoreça os rondonienses.

Boa noite, Rondônia!

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.