Publicidade

Últimas Notícias

POLITICANDO NO TEMPO - Por Carlos Caldeira


Fantasmas existem...
E estão em todos os lugares arrastando correntes. Noticias vindas da capital federal dão conta que Valdir Raupp vai ser candidato a sucessão de Confúcio Moura; ou seja, o PMDB assume que a administração do estado vai de mal a pior e assina um atestado de incompetência, o que eu não entendo é o porque de ainda tentarem trocar o ruim por um péssimo, que mistério é esse? Raupp, como todos sabem, acabou com o Beron, é o campeão de processos no senado, praticamente todos contra o sistema financeiro, é o presidente do maior partido político brasileiro que ainda tem o vice presidente da republica, homem de grande poder e que usa esse poder em proveito próprio. Raupp fez o presidente do senado, Renan Calheiros, que é atualmente o político mais odiado do Brasil, o político mas sínico que o Brasil já conheceu. Raupp também votou contra o fim da divida do Beron, divida essa de sua inteira responsabilidade e que custa aos cofres do estado, nada mais nada menos que 10 milhões de reais por mês, dinheiro suficiente para acabar definitivamente com os problemas de saúde em nosso estado. Valdir Raupp é somente um dos fantasmas que anda assombrando os seus eleitores e também os não eleitores, de um modo geral, Raupp assombra toda uma população que depositava nele e em sua esposa, a garantia de dias melhores para nosso estado. 
Outro fantasma que vai continuar a nos assombrar é Roberto Sobrinho, só que esse é bem mais regional e quem vai ter que exorcizá-lo somos nós de Porto Velho. Roberto Sobrinho é daquele tipo de assombração que ao morrer (politicamente falando) ficou no meio do caminho entre o inferno e o purgatório, foi enxotado da porta do céu por São Pedro, que no seu caso era representado por agentes da PF e do Ministério Publico, a advogada do diabo, Miriam Saldanha, também foi enxotada da porta do Céu com passaporte diretamente para o inferno. O Fantasminha, que tem camaradas poderosos, acaba de ser reencarnado por seus parceiros de ética tão ou quão parecidas com a sua, só que em Rondônia, o grupo dos caças fantasmas estão a postos e essas almas penadas que tanto mal já fez ao nosso povo, tendem, no final de 2014, a voltar para suas tumbas de onde jamais deveriam ter saído. Robertos, Raupp’s, Cassois, Valter’s, Miriam’s, Batista’s, Donadon’s, Epifânia’s vão de reto. ++++
Autor: Carlos Caldeira – E-mail carlossdias40@gmail.com

Fonte: Carlos Caldeira
  • POLITICANDO NO TEMPO - Por Carlos Caldeira

Nenhum comentário