Publicidade

Últimas Notícias

POLITICANDO NO TEMPO - Por Carlos Caldeira


Primeira reunião da nova legislatura de vereadores de Porto Velho e o ponto principal é a discriminação que os nobre vereadores sofrem dos “outros podres poderes”, o presidente em um discurso inflamado e cheio de magoas faz saber a seus pares os planos da Câmara de vereadores para o biênio 2013/2014 e as estratégias para superar o que ele chama de exibicionismo dos outros representantes de Rondônia a nível estadual e Nacional: “Meus nobre companheiros vereadores desta conceituada casa do povo, já chegou as barras do absurdo o bulling que sofremos dos que estão acima de nos, quem esses deputados estaduais, os federais e os senadores acham que são para estarem sempre um, dois ou até mais passos a nossa frente em termos de escândalos? CHEGA! Precisamos nos unir em prol de nossas imagens de legítimos representantes do povo, o que muito me admira nobres colegas, é porque a Policia Federal e o Ministério Publico só olha pra eles, o que nos NÃO fizemos de errado? Na administração passada o nobre vereador Marcelo Reis passou o seu mandato todo defendendo o Prefeito e sua gang e a PF e o MP nem tchum pra ele? Precisamos com urgência mudar esse quadro e não estou vendo o esforço dos senhores nesses sentido, precisamos estar unidos, precisamos achincalhar essa população, precisamos mostrar nossas garras, vamos esquecer as questões partidárias e vamos desonrar os votos que recebemos, eu até sugiro que façamos uma viagem, todos juntos, vamos a Brasília, vamos ao Nordeste, vamos a praia e se esses idiotas desses eleitores não reconhecerem nosso desvaler, vamos engrossar o caldo, vamos esculhambar com a imprensa, se preciso for, escalamos um valentão entre nos para dar umas porradas em um repórter qualquer, mas vamos escolher um repórter que seja bem cri cri de uma emissora que esteja batendo forte na gente, só assim nobres colegas, vamos virar os holofotes para nosso lado, vamos ser reconhecidos, sigam o exemplo nobre colegas, de grandes inimigos da população, se espelhem em Roberto Sobrinho, em Valter Araujo, em Miriam Saldanha, sejam mais ousados, inventem historias da carochinha que esse povo acredita em tudo, eles nos colocaram aqui, agora o azar é o deles, nos temos que pensar em nosso salário, em nossos benefícios, vamos rasgar a ética.

Por Carlos Caldeira – Contato: carlossdias40@gmail.com
Fonte: Carlos Caldeira
  • POLITICANDO NO TEMPO; Por Carlos Caldeira

Nenhum comentário