Publicidade

Últimas Notícias

URGENTE - COM VÁRIAS IRREGULARIDADES, EDITAL DO TRANSPORTE ESCOLAR RURAL É SUSPENSO

A SML -Superintendência Municipal de Licitação, vai fechar o ano tropeçando nos próprios erros e prejudicando milhares de estudantes da área rural da capital.
A suspensão deu-se devido a impugnação feitas pelas empresas interessadas em participar do referido certame licitatório.

Foram detectadas diversas irregularidades que poderiam beneficiar determinada empresa e prejudicar outras, e as empresas que se sentiram prejudicadas entraram com o pedido de impugnação e levaram o problema até o Tribunal de Contas, que "orientou" a SML que suspendesse o processo e fizesse as devidas correções, e assim foi feito.

Com mais essa suspensão, mesmo que a SML informe que os prazos anteriormente determinados vão ser cumpridos, mais de três mil alunos da área rural já perderam todas as esperanças de terminarem o ano letivo de 2018.

No Assentamento Joana D'Árc os alunos ficaram na metade do terceiro bimestre, e alguns pais de alunos já estão com receio que volte a acontecer o mesmo que aconteceu com o ano letivo de 2017, quando suas crianças não terminaram nem o terceiro bimestre e com "uma canetada" do ex secretário da SEMED, todos foram aprovados sem receberem o conteúdo escolar até o final do quarto bimestre.

O clima na SEMED - Secretaria Municipal de Educação, é de apreensão, já que (segundo alguns servidores de carreira), o autoritarismo do secretário e a pressão de alguns assessores do prefeito Hildon Chaves interessados em contratar uma determinada empresa, que teoricamente viria do sul do país, tem atrapalhado a conclusão do processo licitatório. 

E segue a novela TRANSPORTE ESCOLAR RURAL PARADO 

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.