Publicidade

Últimas Notícias

Vereador diz que 'mendigo deveria virar ração para peixe' e gera revolta

Declaração foi feita por vereador de Piraí, no sul do Rio de Janeiro, durante sessão sobre o aniversário a Constituição de 1988.

A declaração de um vereador defendendo que moradores de rua deveriam virar "ração para peixe" causou polêmica em Piraí, município da região sul do Rio de Janeiro. Um vídeo com o discurso de José Paulo Carvalho de Oliveira, o Russo (PTdoB), foi postado no YouTube na última sexta-feira, e já teve mais de 2 mil visualizações desde então.
A frase polêmica foi dita durante sessão ordinária do dia 8 de outubro, após os vereadores assistirem a uma apresentação que comemorava os 25 anos da Constituição de 1988. "Mendigo não tem que votar. Mendigo não faz nada na vida. Ele não tem que tomar atitude nenhuma. Aliás, eu acho que deveria até virar ração para peixe. Porque fica a gente trabalhando igual um maluco para esses caras. Eu não dou nada para mendigo. Não adianta me pedir que eu não dou. Se quiser, vai trabalhar. Eu preciso trabalhar, eu levanto cedo para trabalhar, por que mendigo tem que votar?", questionou.
Durante a fala, o vereador também tocou em outros pontos polêmicos, criticando o fato de a pena de morte não ser prevista pela legislação brasileira. "Quando acabaram com a pena de morte, eu achei uma pena isso. Deveria haver pena de morte. 'Ah, vai matar inocente'. Não vai. Ainda que matasse, ia morrer muito menos inocente do que morre hoje, porque se um bandido soubesse que ele ia ser morto, com certeza ele ia pensar mais um pouquinho antes de fazer as coisas", discursou.
Ao comentar os novos direitos garantidos após a promulgação da Constituição, o vereador se disse favorável à censura imposta nos meios de comunicação durante a ditadura militar. "Fim da censura: eu acho isso ruim. Tem que ter censura. Tem um programa que passa altas horas da noite lá, tem um filme lá que pode passar de qualquer maneira. Eu sei que vai passar um filme ruim e não vou deixar meu filho ver. Mas nas propagandas de intervalo de um filme, de uma novela, tem coisas ridículas. Nas novelas de hoje passam gente transando escandalosamente na frente de criança. Tem que ter censura, sim, tem que ter um bom senso. Não pode se liberar tudo na vida, não, tem que ter censura", defendeu.
O vídeo com as declarações do vereador causaram revolta entre internautas. "Por que ao invés de fazer "ração pra peixe" não se cria uma política social? Onde estão os "Agentes Sociais" do município? Mendigo também é gente como a gente, o que deve ser feito é uma reintegração dessas pessoas a sociedade!", critica um internauta. "É lamentável, digno de pena esse coitado", opina outra usuária do YouTube. Em meio aos comentários, manifestantes articulam um protesto contra o vereador, previsto para ocorrer nesta terça-feira. "É por isso que criamos uma manifestação pro dia 29 de Outubro, chamado de a Terça-Feira Suja. Vamos, todos unidos, e vestidos de mendigos assistir a sessão da Câmara. Horário é às 17 horas", conclama um dos ativistas.

Nenhum comentário

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.