Publicidade

Últimas Notícias

URGENTE - AUMENTOU O CAOS NO TRANSPORTE ESCOLAR E JUSTIÇA DEVOLVE SERVIÇO PARA PREFEITURA

União Bandeirantes está com menos da metade da frota e todos veículos em péssimas condições. Linhas 67 e 101 em Jaci Paraná, pais estão fazendo vaquinha para compra combustível, e muito mais.

As condições da frota de União Bandeirantes é preocupante em todos os sentidos, já que, com pneus carecas, retrovisores quebrados, bancos sem a menor condição de transportar alunos, banco do motorista completamente destruído, parte elétrica toda a mostra em real perigo de incêndios a qualquer momento. Tudo isso aliado as péssimas condições das linhas vicinais e a conivência do CIRETRAN local, que simplesmente deixa todos os ônibus rodarem sem nenhum documento legal e sem as devidas vistorias.

Na última semana, em média 11 veículos atenderam a comunidade, sendo que a frota é de 25 veículos. Com isso, muitas das  vezes, os ônibus chegam a porta da escola com superlotação.
Planilha de chegada dos veículos na porta das escola de U. Bandeirantes
Fotos da frota no final da matéria. 

Já nas Linhas 67, conhecida também como Caracol, e Linha 101, ambas em Jaci Paraná, a situação é vergonhosa.

Antes dos alunos entrarem nos péssimos veículos, os pais tem que ir na frente e depositarem em um pequeno pote, improvisado como cofre, valores para a "vaquinha do combustível" caso contrário, como os alunos estão em período de provas, os ônibus não saem. 

Segundo o MP, a empresa Freitas vem interferindo negativamente para que esses problemas venham a acontecer, e o empresário Marcelo Alves Cavalcante, já corre um serio risco de ter sua prisão preventiva decretada em função da sua  empresa está sendo acusada de estar tumultuando o trabalho da equipe de intervenção, impedindo o fornecimento de combustível e cancelando contratos com empresas essenciais para que o serviço possa funcionar, além descumprir, várias vezes, a ordem judicial de intervenção dando contraordens às equipes de transporte e até mesmo alterando documentação.


Vídeos da situação nas linhas no final da matéria.

Em Nova Califórnia, ônibus escolar que não completou 24 horas que saiu da manutenção, não consegue subir uma ladeira e alunos tem que descer do veículo em uma total situação de perigo. Foi preciso chamarem um trator para rebocar o sucata que coloca a vida desses alunos em risco. Assista vídeos dessa situação.
Nesta sexta-feira os funcionários da empresa Freitas já anunciaram que na região do Estrada do Belmont/Vila DNIT, não vai ter transporte devido a falta de pagamento de quase dois meses de salários. 

Situação semelhante esta acontecendo em Vista Alegre do Abunã, onde funcionários estão reclamando até quatro meses de salários atrasados sem que o governo do estado, que ainda é o interventor, ou mesmo a empresa façam nada para resolver.

Na comunidade de VILA DA PENHA toda a frota está parada devido ao sucateamento da mesma, sem nenhuma condição de trafegabilidade. O problema, segundo moradores, já se arrasta a mais de um mês, e eles não descartam a possibilidade de mais um fechamento de BR para poder chamar a atenção das autoridades. 

A Situação mais complexa acontece em Extrema, onde as lideranças locais, incluindo as comunidades indígenas, se articulam em grupos de Whatsaap, juntamente com as comunidades de Vista Alegre do Abunã e Nova Califórnia. Essas lideranças são tão articuladas que quase que semanalmente estão se reunindo em locais públicos, onde eles convocam autoridades para participarem de audiências publicas com o intuito de discutir essa problemática, sempre registrando tudo em ATA e registrando em cartório e posteriormente o documento é protocolado nos órgãos competentes, como MP/MPC/SEMED/SEDUC/TCE. 
VEJA VÍDEOS DA VAQUINHA EM JACI
 VEJA VÍDEO DO ABASTECIMENTO EM JACI
VEJA FOTOS DOS VEÍCULOS DE U. BANDEIRANTES





Um comentário:

Deixe aqui sua mensagem e sugestões.